21 Agosto 2017
Diminuir
Aumentar
Enviar Email
Imprimir
  • Mercado Diário 


    O mercado diário do MIBEL é a plataforma onde se transacciona electricidade para entrega no dia seguinte ao da negociação. Este mercado forma preço para cada uma das 24 horas de cada dia e para cada um dos 365 ou 366 dias de cada ano. A plataforma de mercado diário em que se integra Portugal, gerida pelo OMIE, a hora de negociação é determinada pela hora legal espanhola (HOE).

    Este mercado funciona através do cruzamento de ofertas - de compra e de venda - por parte dos diversos agentes registados para actuar naquele mercado, indicando cada oferta o dia e a hora a que se reporta, o preço e a quantidade de energia correspondentes.

    O preço de mercado é encontrado através de um processo em que se ordenam de forma crescente em preço as ofertas de venda (curva de oferta) e de forma decrescente em preço as ofertas de compra (curva de procura) de electricidade para uma mesma hora. O preço de mercado (graficamente corresponde ao cruzamento das curvas de oferta e de procura) é o menor dos preços que garante que a oferta satisfaz a procura.

    Processo de Encontro

    O funcionamento do mercado diário em que participam os agentes portugueses implica que todos os compradores paguem um mesmo preço e todos os vendedores recebam esse mesmo preço, no que se designa como modelo de preço marginal único. As regras de funcionamento deste mercado organizado são próprias do operador de mercado (OMEL).

    Adicionalmente, como o mercado diário compreende simultaneamente Portugal e Espanha, torna-se necessário prever a circunstância de as capacidades de interligação comercialmente disponíveis entre os dois países não comportarem os fluxos de transfronteiriços de energia que o cruzamento de ofertas em mercado determinaria. Sempre que tal ocorre, as regras actuais de mercado determinam que se separem as duas áreas de mercado correspondentes a Portugal e Espanha e que se encontrem preços específicos para cada uma das áreas mencionadas. Este mecanismo é designado como market splitting ou separação de mercados.

    Processo de Formação do Preço

    Sempre que os preços para cada uma das áreas de mercado não se equivalem diz-se que existe um spread de preços entre elas. A razão para que ocorra separação de mercados (e correspondentes spreads de preço) pode dever-se a uma multiplicidade de factores, desde a organização estrutural da produção em cada uma das áreas, insuficiência das capacidades de interligação ou comportamento dos agentes. A actuação da supervisão pretende minimizar as situações de separação de mercados e, em particular, garantir que estas não se atribuam a comportamentos anticoncorrenciais dos agentes.

    A ERSE disponibiliza um relatório do mercado diário para todos os dias do último mês, com informação base do mercado, que é complementado por um relatório mensal para os meses anteriores.

    O mercado intradiário do MIBEL é uma plataforma complementar ao mercado diário, onde se transacciona electricidade para ajustar as quantidades transaccionadas no mercado diário, compreendendo 6 sessões diárias de negociação. Cada uma das sessões de mercado intradiário forma preço para as horas objecto de negociação em cada sessão.

    Sessões de Mercado Intradiários

    A primeira sessão de intradiário forma preço para as 4 últimas horas do dia de negociação e para as 24 horas do dia seguinte ao da negociação.

    • A segunda sessão de intradiário forma preço para as 24 horas do dia seguinte ao da negociação.
    • A terceira sessão de intradiário forma preço para as 20 horas compreendidas entre a hora 5 e a hora 24 do dia seguinte ao da negociação.
    • A quarta sessão de intradiário forma preço para as 17 horas compreendidas entre a hora 8 e a hora 24 do dia seguinte ao da negociação.
    • A quinta sessão de intradiário forma preço para as 13 horas compreendidas entre a hora 12 e a hora 24 do dia seguinte ao da negociação.
    • A sexta sessão de intradiário forma preço para as 9 horas compreendidas entre a hora 16 e a hora 24 do dia seguinte ao da negociação.

    De forma análoga ao mercado diário, o mercado intradiário cobre todas as horas do dia (com a especificidade própria de cada sessão) e todos os dias de cada ano. Nos termos do funcionamento da actual plataforma de mercado diário em que se integra Portugal, gerida pelo OMEL, a hora de negociação é determinada pela hora legal espanhola (HOE).

    À semelhança do mercado diário, o funcionamento do mercado intradiário está assente na sujeição de ofertas, de compra e de venda, por parte dos diversos agentes registados para actuar no mercado diário, indicando cada oferta por sessão o dia e a hora a que se reporta, o preço e a quantidade de energia correspondentes.

Partilhe esta informação: Digg it!Facebookdel.icio.usNewsvineStumble-uponReddit!
Portal do Consumidor de Energia
Comercializadores
Tarifa Social
Simuladores
PPEC 2017-2018
Livro "A Regulação da Energia em Portugal 2007-2017"