24 Maio 2017
Diminuir
Aumentar
Enviar Email
Imprimir
  • PPEC 2008 


    O Plano de Promoção da Eficiência no Consumo de Energia Eléctrica (PPEC), promovido pela ERSE, pelo segundo ano consecutivo, tem como objectivo prioritário, apoiar financeiramente iniciativas que promovam a eficiência e redução do consumo de electricidade nos diferentes segmentos de consumidores.

    No que concerne ao PPEC para o ano de 2008 foram recebidas 140 candidaturas e consideradas elegíveis 131 medidas apresentadas por 21 promotores, com custos candidatos à comparticipação do PPEC para o ano de 2008 no valor de 46 milhões de euros, aproximadamente o quíntuplo do orçamento do PPEC ainda disponível para 2008 (9,3 milhões de euros).

    Esta situação conduziu a que o concurso tivesse um forte carácter competitivo, sendo seleccionadas as medidas de melhor ordem de mérito classificadas de acordo com a métrica de avaliação, estabelecida nas Regras do Plano de Promoção da Eficiência no Consumo.

    Os promotores e consumidores de energia eléctrica assumem um papel muito relevante no Plano de Promoção da Eficiência no Consumo, desde a fase de consulta pública até à apresentação de candidaturas e posterior implementação. A qualidade das medidas apresentadas e o forte carácter competitivo do processo de selecção perspectivam um ano de 2008 mais eficiente na óptica do consumo de energia eléctrica. 

    No documento "Plano de Promoção da Eficiência no Consumo de Energia Elétrica (PPEC 2008) – Período de Implementação 2008 a 2011 – Balanço e Resultados" apresentam-se os resultados finais da segunda edição do PPEC, cuja implementação terminou em meados de 2011, nomeadamente as acções implementadas, o seu custo e os benefícios alcançados.
    Em termos globais os objectivos que o PPEC pretendia atingir foram atingidos com sucesso, sendo mesmo largamente ultrapassados: foi possível aumentar em 33% as poupanças previstas e as emissões de CO2 evitadas, a um custo inferior ao previsto em cerca de 17%.
    A totalidade das medidas permite evitar, até 2025, o consumo de 1171 GWh de energia eléctrica, o que corresponde ao consumo anual de cerca de 391 mil famílias, e 433 mil toneladas de CO2 evitadas, o que  equivale às emitidas por cerca de 194 mil automóveis em circulação durante um ano.
    Assim, esta segunda edição permitiu obter benefícios de 91 milhões de euros, nove vezes superiores aos 10 milhões de euros investidos.
Partilhe esta informação: Digg it!Facebookdel.icio.usNewsvineStumble-uponReddit!
Portal do Consumidor de Energia
Comercializadores
Tarifa Social
Simuladores
PPEC 2017-2018
Livro "A Regulação da Energia em Portugal 2007-2017"