21 Setembro 2017
Diminuir
Aumentar
Enviar Email
Imprimir
  • Armazenamento Subterrâneo 


    O exercício da atividade de armazenamento subterrâneo de gás natural compreende:

    • O recebimento e a injeção, o armazenamento subterrâneo, a extração, tratamento e a entrega de gás natural na rede de transporte, associado à constituição e manutenção de reservas de segurança, bem como para fins operacionais e de natureza comercial;
    • A construção, a manutenção, a operação e a exploração da infraestrutura de armazenamento subterrâneo de gás natural do Carriço.

    Os operadores de armazenamento subterrâneo são as entidades concessionárias do respetivo armazenamento. Até maio de 2015, existiram dois operadores de armazenamento subterrâneo, a REN Armazenagem e a Transgás Armazenagem. Naquela data, os ativos associados à Transgás Armazenagem foram adquiridos pela REN Armazenagem, que se tornou no único operador de armazenamento subterrâneo em atividade no SNGN.

    O armazenamento subterrâneo é feito em cavidades em formações salinas naturais a grande profundidade, interligadas com uma estação de gás que permite gerir as quantidades armazenadas através da injeção com recurso a compressores de gás natural ou da extração com sistemas de desidratação do gás natural para posterior injeção na rede de transporte.

    No final de 2015, as instalações de armazenamento subterrâneo de gás natural que integravam a concessão da REN Armazenagem tinham as seguintes características:

    • Seis cavidades de armazenamento,
    • Capacidade máxima de armazenamento: 3 967 GWh (333 Mm3(n))
    • Capacidades técnicas máximas da estação de superfície:
      • Injeção: 84 000 m3(n)/h (24 GWh/dia)
      • Extração: 300 000 m3(n)/h (85 GWh/dia)

    A figura seguinte apresenta o as quantidades armazenadas no dia 31 de dezembro do(s) respetivo(s) ano(s), bem como os níveis médios armazenados em cada um dos anos, de 2011 a 2015 (os valores indicados não incluem cushion gas).

    Existências médias anuais e no(s) último(s) dia(s) do ano – 2012 a 2015

    Fonte: REN, Relatórios Anuais

     

Partilhe esta informação: Digg it!Facebookdel.icio.usNewsvineStumble-uponReddit!
Portal do Consumidor de Energia
Comercializadores
Tarifa Social
Simuladores
PPEC 2017-2018
Livro "A Regulação da Energia em Portugal 2007-2017"