23 Novembro 2014
Diminuir
Aumentar
Enviar Email
Imprimir
  • Preços de Eletricidade em 2014 


    Escolha de comercializador de eletricidade

    O processo de liberalização do sector eléctrico em Portugal Continental seguiu uma metodologia idêntica à da maior parte dos países europeus, tendo a abertura de mercado sido efectuada de forma progressiva, tendo começado por incluir os clientes de maiores consumos e níveis de tensão mais elevados.

    • A abertura do mercado iniciou-se em 1995, para os grandes consumidores industriais, tendo sido sucessivamente alargada a todos os consumidores em muito alta, alta, média e baixa tensão especial (potência contratada superior a 41,4 kW).
    • Em 4 de Setembro de 2006 concretiza-se a última etapa da liberalização do mercado de eletricidade, a partir da qual a totalidade dos cerca de 6 milhões de clientes passaram a poder escolher o seu fornecedor de energia elétrica.

    Actualmente em Portugal Continental coexiste em simultâneo o Mercado Livre e o Mercado Regulado, podendo assim todos os clientes negociar os seus contratos de energia com um comercializador no Mercado Livre ou permanecer no Mercado Regulado e pagar as tarifas de último recurso.

    Nas Regiões Autónomas da Madeira e dos Açores os clientes não têm a opção de escolha de fornecedor, sendo fornecidos pelos respectivos distribuidores locais de eletricidade.

    Para efeitos da escolha do fornecedor, são consideradas as seguintes modalidades de contratação de energia elétrica:

    • Celebração de contrato de fornecimento de energia elétrica com Comercializadores livres, no Mercado;
    • Celebração de contrato de fornecimento de energia elétrica com Comercializadores de Último Recurso;
    • Contratação de energia elétrica nos mercados organizados ou através de contratação bilateral, no caso de clientes com estatuto de agente de ofertas.

     Mais informação sobre a escolha de Comercializador

    Preços e tarifas de eletricidade

    Com a abertura total do mercado de eletricidade, todos os clientes têm direito a escolher o seu comercializador de energia elétrica. Os preços de eletricidade que cada cliente irá pagar dependem dessa escolha.

    Quero escolher um comercializador de eletricidade no Mercado Livre

    • Comercializadores livres  que posso escolher no Mercado livre
    • Os preços praticados no Mercado Livre são determinados por cada comercializador e negociados individualmente com cada cliente. 
    • No caso de fornecimento de eletricidade a clientes em Baixa Tensão Normal (BTN) os comercializadores têm a obrigação de apresentar os Preços de Referência que praticam no mercado, à ERSE, que os disponibiliza no seu Portal.

     

    Quero ser fornecido pelo comercializador de último recurso 

    Comercializadores de último recurso que posso escolher no Mercado Regulado;

    Fornecimentos em Baixa Tensão Normal com potências contratadas inferiores a 41,4 kVA

    Pode fazer a comparação de preços através da utilização do Simulador de Preços em Portugal Continental , que permite a comparação de preços praticados pelos comercializadores no Mercado Livre e as Tarifas de Venda a Clientes Finais no Mercado Regulado. Este simulador de preços apenas se aplica a consumidores de eletricidade cujas instalações estão ligadas em baixa tensão normal e cuja potência contratada não ultrapassa 41,4 kVA.

    Tarifas de Acesso às Redes

    Nos preços de eletricidade que cada cliente paga estão incluídas as tarifas referentes à utilização das redes. As Tarifas de Acesso às Redes  estão associadas à utilização das redes de transporte e distribuição de eletricidade, estando integradas nas tarifas de venda dos vários comercializadores no Mercado Regulado e no Mercado Livre. Estas tarifas são aprovadas e publicadas anualmente pela ERSE, sendo o seu valor discriminado na fatura de eletricidade que o cliente recebe do seu comercializador.

     

Partilhe esta informação: Digg it!Facebookdel.icio.usNewsvineStumble-uponReddit!