18 Dezembro 2017
Diminuir
Aumentar
Enviar Email
Imprimir
  • Como proceder em caso de interrupção de fornecimento? 


    Deve entrar em contacto com o seu comercializador, que o poderá ajudar a identificar a razão da interrupção.

    Quais são os motivos que podem justificar a interrupção do fornecimento de electricidade?

    O fornecimento de energia pode ser interrompido por razões técnicas (razões relativas à gestão da rede e outras infra-estruturas) ou por razões relacionadas com o contrato de fornecimento.

    Quando é que podem interromper o fornecimento de electricidade?

    Em caso de falta de pagamento da factura, e noutras situações previstas na regulamentação do sector eléctrico, com excepção das situações em que esteja em perigo a vida e segurança de pessoas e bens, a interrupção do fornecimento só pode ocorrer após o pré-aviso escrito com uma antecedência mínima de 20 dias relativamente à data em que irá ocorrer a interrupção.

    Não é permitida a interrupção de fornecimento de electricidade na véspera de um feriado e à sexta-feira.

    O pré-aviso deverá conter a informação sobre os meios que tem ao dispor para evitar a interrupção, bem como os encargos necessários para proceder ao restabelecimento do fornecimento.

    As interrupções por razões de serviço, ou seja, as que decorram da necessidade imperiosa de realizar manobras ou trabalhos de conservação da rede estão sujeitas a aviso através de meios de comunicação de grande audiência na região, com a antecedência mínima de 36 horas.

    Quanto custa o corte e religação?

    Os preços de corte e religação de fornecimento são aprovados anualmente pela ERSE. Aos valores indicados nas tabelas é acrescido o IVA à taxa legal em vigor.

     

Partilhe esta informação: Digg it!Facebookdel.icio.usNewsvineStumble-uponReddit!
Portal Institucional ERSE
Pedidos de Informação e Reclamações
Resolução de conflitos comerciais e contratuais